“A Toca das Fadas”, Clara Madrigano

A Toca das Fadas.jpg

MADRIGANO, Clara – A Toca das Fadas, São Paulo, Draco, 2014

Sinopse:  Jack e seu irmão encontraram a toca das fadas. Ou é o que Jack acredita. Mas conforme sua obsessão cresce, as coisas deixam de ser divertidas, e as fadas talvez não sejam doces como o mel de que se alimentam.

Opinião: Dois rapazes encontram o que um acredita ser a toca das fadas – e, claro, não são capazes de as deixar sossegadas. A narração é levada a cabo pelo irmão de Jack, dirigindo-se a Jack, no que parece uma quase confissão: a explicação do que aconteceu ganha sentido pelo facto de parecer ser a primeira vez que o narrador admite tudo o que sabia, numa explicação ou justificação para as acções tomadas. O enredo é simples, estando a reviravolta na outra visão das fadas – não foi um revidar também do que lhes foi feito? –, mas bem aproveitado, com bom pacing e ritmo narrativo. Ainda que as peripécias sejam adivinháveis, tal não afecta o crescente da expectativa que a narrativa provoca, utilizando precisamente o referido ritmo.

São identificáveis, todavia, algumas gralhas  (“Jack, se foi ainda pude me escutar”, por exemplo) e falhas da pontuação dos diálogos (uso da maiúscula após a interrogativa “– E como você sabe que elas moram mesmo aí? – Perguntei”, por exemplo). Tanto um ponto como outro são facilmente colmatados com uma nova revisão.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s