“Estórias Abensonhadas”, Mia Couto

capa

COUTO, Mia – Estórias Abensonhadas, Alfragide, Caminho, 2012

Sinopse: Depois de Terra Sonâmbula estas estórias fazem regressar o imaginário moçambicano pela mão de Mia Couto. Se o romance deste autor moçambicano nos transportou para o universo trágico da guerra, estas breves histórias são flagrantes do renascer do país, depois da assinatura do Acordo de Paz. Reúnem-se aqui contos, alguns já publicados em jornal, em que se inscreve o mesmo estilo e a mesma capacidade de sonhar já consagrados em anteriores obras (Vozes Anoitecidas, Cronicando, Cada Homem é uma Raça, Terra Sonâmbula). Os contos já publicados foram, no entanto, revistos e alterados para publicação em livro. Em todas as estórias se reconhece o trabalho profundamente pessoal de recriação da linguagem, o aproveitamento literário da fala popular moçambicana e o pleno exercício da poesia.

Opinião: Uma colectânea cujos contos evidenciam as características da escrita do autor. Uma vez mais, o realismo mágico de Mia Couto é usado na realidade (ou melhor é dizer: realidades) de Moçambique, tomando forma numa narrativa que se destaca pela sua oralidade, ritmo e neologismos. A língua portuguesa é um brinquedo nas mãos deste autor, partilhado com o leitor, e talvez por isso mesmo o que primeiramente chama a atenção. Contudo, cada vez mais os enredos em si – os seus inexplicáveis últimos pontos, que nunca pareceram como finais; a sua multiplicidade de sentidos; o seu encarar do mágico como mundano; a sua prenhez de significados – ganham destaque à medida que conto segue conto.

São, de facto, estórias abensonhadas.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s