“Muito Mais que 5inco Minutos”, Kéfera Buchmann

capa

BUCHMANN, Kéfera – Muito Mais que 5inco Minutos, [s.l.], Editora Paralela, 2015

Sinopse: Você conhece a Kéfera? Pois deveria! Com 22 anos, Kéfera Buchmann reúne quase doze milhões de seguidores nas suas mídias sociais (YouTube, Facebook, Twitter e Instagram). Só o seu canal no YouTube, “5inco minutos” (procura aí na internet), tem cinco milhões de assinantes e é o quarto mais visto do Brasil. Tá achando pouco? Ela ainda recebe diariamente centenas de mensagens de fãs do Brasil todo e é parada na rua a todo momento. Se o YouTube é de fato a nova televisão, como acha muita gente, hoje Kéfera é o equivalente aos antigos astros globais. Tão conhecida e amada quanto eles. Neste livro, que tem literalmente a sua cara, Kéfera parte de sua vida para falar de relacionamentos, bullying, moda e gafes e conta uma série de histórias divertidas com as quais é impossível não se identificar.

Opinião: A vaga de lançamentos de livros por parte de youtubers tem, como tudo o que consegue algum sucesso, gerado uma onda de discussões. Uns porque acham muito bem que os seus ídolos por aí se aventurem, outros porque vêem com horror “os jovens” só terem interesse por ler “coisas destas”. E cada vez que essa discussão é levantada este é um dos livros que é recorrentemente dado como exemplo – descobri eu que por conta da popularidade da Kéfera. Não acompanho youtubers e discordo da afirmação da sinopse de que deveria conhecer a jovem – mas há que vender o peixe, não é verdade? Gosto, contudo, de me manter a par das tendências literárias e, acima de tudo, de formar a minha própria opinião.

O público-alvo deste livro é evidente: os fãs. Não procura angariar novos interessados entre aqueles que já têm a leitura por hábito; procura sim dar aos que já são fãs da youtuber o mesmo que já conseguem pelo canal, diversificando apenas o meio de comunicação utilizado. Este foco no público-alvo torna-se evidente na narrativa utilizada – não só descontraída, mas também direccionada a um leitor que já tem algum conhecimento sobre a autora –, no uso constante de imagens e fotografias de Kéfera, e na estrutura escolhida – uma divisão dos capítulos em segmentos similares aos usados no seu canal, por vezes chegando mesmo a repetir as histórias já nele contadas. Assim sendo, não me surpreende o grande número de vendas obtido, do mesmo modo que compreendo ter sido a base de fãs prévia fulcral para esse sucesso.

Contrariamente a algumas opiniões que encontrei antes de pegar no livro – que se lê sem problemas num par de horas –, não considerei a escrita como supérflua. Kéfera pega em histórias e memórias que pretendem passar algum ensinamento ou conselho, quer concordemos ou não com os ditos. Considerei-a, contudo, dispersa e superficial: a ideia que transmite é que foi escrevendo conforme se lembrava, sem nenhuma, ou pouca, consciencialização de que aqueles escritos iriam ser publicados como um todo. Simultaneamente, não desenvolve o que escreve, ficando-se pelo roçar superficial dos temas, que poderiam ter sido bem melhor explorados, e por generalizações descabidas (arrepiava-me cada vez que encontrava um “nós, mulheres”). Tal levou a que a leitura se tornasse aborrecida para mim, alguém fora do público-alvo, com interesse na leitura pela leitura, e não pela autora.

Não estranho, portanto, o sucesso conseguido por esta publicação – nem que o dito sucesso se tenha restringido a quem já tinha um interesse prévio pela autora.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s