“O Olhar do Açor”, Sandra Carvalho

capa

CARVALHO, Sandra – O Olhar do Açor, Queluz de Baixo, Presença, 2014

Sinopse: A descoberta dos Açores, e todo o mistério e aventura que a envolveu, foi o mote para esta obra em dois volumes de Sandra Carvalho. É uma narrativa que entretece com mestria verdade histórica e ficção, a realidade da sociedade portuguesa do século XV e a fantasia das personagens e dos cenários imaginados pela autora. Neste primeiro volume, que se centra nas histórias de vida dos fidalgos, ganham principal relevância as figuras de Constance, uma nobre inglesa enviada para Portugal para se casar com Gonçalves Vaz, senhor da valiosa herdade de Águas Santas; Nuno Garcia, um corsário implacável; Leonor, fruto ilegítimo da paixão de Constance e de Diogo, o jovem corajoso, protegido de Nuno Garcia e que Constance conhece durante a viagem, Guida, a escrava negra que cresceu com Leonor, e Tomás Rebelo, o fidalgo malévolo que deseja assenhorear-se de Águas Santas. Intriga, ganância, amor, paixão, e uma aura de misticismo, num romance extraordinário.

Opinião: Quem espera um romance histórico com travos de fantasia, desengane-se. De histórico tem muito pouco, ficando-se praticamente por dizer que se passa no século XV, fazendo referência aos monarcas e aos infantes, e falando vez ou outra da escravatura. De resto, a grande maioria das personagens tem valores e modos de pensar actuais, assim como o são as suas acções e diálogos, ao invés de reflectirem a suposta época em que se encontram. Se tivesse começado a leitura com esta ideia, teria ficado grandemente desiludida. Contudo, conhecendo o trabalho anterior da autora e, por consequência, que géneros costuma trabalhar, já de início estava preparada para encarar o “enquadramento histórico” mais como um universo alternativo do que um histórico.

A história inicia-se com um longo prólogo que coloca o leitor a par da história da mãe da protagonista, assim como o segredo da concepção e nascimento da dita. Tudo é feito com diálogos através das personagens, e, apesar de ter considerado este conhecimento como um bom início – são informações cruciais para o desenrolar da história, ao mesmo tempo que se tratam de eventos que caracterizam as personagens –, pareceu-me que tell em vez de show teria sido aqui uma escolha mais acertada.

Considerei que as personagens tinham um bom ponto de partida. O núcleo da sua concepção consegue formar-se ao leitor, e gostei do que aí vi – apenas um melhor desenvolvimento é que falhou um pouco. Houve espaço e tentativa de o fazer, só não achei que tivesse sido conduzido da melhor maneira: a grande maioria do seu desenvolvimento e razões de agir e pensar foram mastigadas e apresentadas ao leitor, quando um desenvolvimento mais subtil, que confiaria mais na capacidade de interpretação do leitor, teria resultado melhor. A única excepção, que me desagradou de todo foi o vilão: é unidimensional. O homem desde a sua primeira menção que só é referido negativamente, não tendo qualquer característica redentora, quer em geral, quer para uma das personagens em particular. Talvez na continuação esta percepção se altere.

Em relação à história: gostei. Segundo a apresentação, este será o primeiro de dois volumes, e apesar de ter o seu próprio enredo, também não deixou de fora a sensação de ser um início, uma preparação para o que se seguirá no próximo volume. O que não gostei tanto foi do encadeamento de algumas situações – coincidências que deram “um jeito” tão óbvio ao enredo que até doeu –, e de alguns detalhes da narração. Esta é apropriada ao público-alvo a que se destina, no entanto, por esta altura, já esperava que a autora tivesse mais cometimento no abuso que faz dos pontos de exclamação e dos três pontos – é que a pontuação também se lê, e afecta muito a leitura, não devendo ser tratada de ânimo tão leve.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s